A  Capoeira é Arte Marcial?

Wikipédia menciona mais de 30 Artes Marciais criadas no Brasil:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lutas_marciais_brasileiras

De Artes Marciais

Algumas, são destaque mundial, como o Jiu-Jitsu:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Jiu-jitsu_brasileiro/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Capoeira_(arte_marcial)/

Muitos dos praticantes de Capoeira, atualmente, afirmam não ser uma Arte Marcial.

A Wikipedia qualificava ostensivamente a Capoeira como Arte Marcial, veja aqui.

A partir de 2011, a expressão Arte Marcial foi eliminado do título da Capoeira: http://pt.wikipedia.org/wiki/Capoeira/

Contudo, a Capoeira continua na lista das mais de 30 Artes Marciais Brasileiras e, ao justificar porque seria diferente, o texto da Wikipedia confessa:  Uma característica que distingue a capoeira da maioria das outras artes marciais é a sua musicalidade. Praticantes desta arte marcial brasileira aprendem não apenas a lutar e a jogar, mas também a tocar os instrumentos típicos e a cantar. Um capoeirista experiente que ignora a musicalidade é considerado incompleto.” O fato de ter musicalidade, uma característica diferente da maioria das outras, será suficiente para a excluir do gênero?

Em 6/8/2011, levantamos a indagação em palestra, no evento da Capoeira em 6/8/2011. Assista ao power point  aqui.

A capoeira é uma expressão cultural brasileira que mistura defesa pessoal,  esporte, cultura popular e música. Foi desenvolvida no Brasil por descendentes de escravos africanos com alguma influência indígena, tendo, portanto, uma origem e cultura, como acontece com todas as artes marciais.

A capoeira é caracterizada por golpes e movimentos ágeis e complexos; utiliza chutes e rasteiras, cabeçadas, joelhadas, cotoveladas, acrobacias em solo ou aéreas, como todas artes marciais.

A Capoeira possui um sistema de graduação, como qualquer Arte Marcial, como se vê pelo usado na Confederação Brasileira de Capoeira:

Básica adulta (a partir de 15 anos)

Iniciante: sem corda ou cordão

Batizado: verde

Graduado: amarelo

Graduado: azul

Intermediário: verde e amarelo

Avançado: verde e azul

Estagiário: amarelo e azul

Graduação avançada - Docente de capoeira

Formado: verde, amarelo e azul - 5 anos de capoeira - idade mínima 18 anos

Monitor: verde e branco - 7 anos de capoeira - idade mínima 20 anos

Professor: amarelo e branco - 12 anos de capoeira - idade mínima 25 anos

Contramestre: azul e branco - 17 anos de capoeira - idade mínima 30 anos

Mestre: branco - 22 anos de capoeira - idade mínima 35 anos

Graduação infantil (até 14 anos) - idêntica à básica, com a cor mais clara. Após a sétima graduação, o aluno infantil passa para a segunda graduação adulta, corda verde. Em alguns casos (dependendo do desempenho) pode pegar a terceira graduação, corda amarela.

Note que o tempo de cada graduação depende da importância. As cordas iniciais, verde e amarela, podem ser conquistadas em menos de um ano. As cordas avançadas, como as de contra-mestre e mestre, demandam muitos anos e exigem profundo conhecimento da capoeira para serem conquistadas. Exatamente como em qualquer arte marcial.

A palavra capoeira é originária do tupi-guarani, que significa "o que foi mata", através da junção dos termos ka'a ("mata") e pûer ("que foi"). Refere-se às áreas de mata rasteira do interior do Brasil onde era praticada agricultura indígena. Acredita-se que a capoeira tenha obtido o nome a partir destas áreas que cercavam as grandes propriedades rurais de base escravocrata. Capoeiristas fugitivos da escravidão e desconhecedores do ambiente ao seu redor, freqüentemente usavam a vegetação rasteira para se esconderem da perseguição dos capitães-do-mato. Outras expressões culturais, como o maculelê e o samba de roda, são muito associadas à capoeira, embora tenham origem e significados diferentes.

Tradicionalmente, Capoeira é Arte Marcial, tanto que a Revista Kung Fu, a primeira especializada em Artes Marciais no país, realizou uma matéria em 19/3/1976 clique aqui.

Porque os Capoeiristas renegam sua natureza de Arte Marcial?

As dificuldades na regulamentação profissional dos especialistas marciais certamente devem ter motivado os capoeiristas a intentar a sua disciplina em separado. Saiba mais sobre essa questão aqui:

Por outro lado, as críticas, inclusive nossas, a falta de apoio governamental – ignorando as diretrizes da Constituição Federal quanto ao esporte de criação nacional, mobilizou as bancadas do nordeste e a Capoeira adquiriu um status diferenciado com Lei nº 12.288, de 20 de julho de 2010, conhecido como Estatuto da Igualdade Racial:

Seção III - Da Cultura

Art. 17.  O poder público garantirá o reconhecimento das sociedades negras, clubes e outras formas de manifestação coletiva da população negra, com trajetória histórica comprovada, como patrimônio histórico e cultural, nos termos dos arts. 215 e 216 da Constituição Federal.

Art. 18.  É assegurado aos remanescentes das comunidades dos quilombos o direito à preservação de seus usos, costumes, tradições e manifestos religiosos, sob a proteção do Estado.

Parágrafo único.  A preservação dos documentos e dos sítios detentores de reminiscências históricas dos antigos quilombos, tombados nos termos do § 5º do art. 216 da Constituição Federal, receberá especial atenção do poder público.

Art. 19.  O poder público incentivará a celebração das personalidades e das datas comemorativas relacionadas à trajetória do samba e de outras manifestações culturais de matriz africana, bem como sua comemoração nas instituições de ensino públicas e privadas.

Art. 20.  O poder público garantirá o registro e a proteção da capoeira, em todas as suas modalidades, como bem de natureza imaterial e de formação da identidade cultural brasileira, nos termos do art. 216 da Constituição Federal.

Parágrafo único.  O poder público buscará garantir, por meio dos atos normativos necessários, a preservação dos elementos formadores tradicionais da capoeira nas suas relações internacionais.

Seção IV - Do Esporte e Lazer

Art. 21.  O poder público fomentará o pleno acesso da população negra às práticas desportivas, consolidando o esporte e o lazer como direitos sociais.

Art. 22.  A capoeira é reconhecida como desporto de criação nacional, nos termos do art. 217 da Constituição Federal.

§ 1º  A atividade de capoeirista será reconhecida em todas as modalidades em que a capoeira se manifesta, seja como esporte, luta, dança ou música, sendo livre o exercício em todo o território nacional.

§ 2º  É facultado o ensino da capoeira nas instituições públicas e privadas pelos capoeiristas e mestres tradicionais, pública e formalmente reconhecidos.

Capoeira tem subdivisões - mundialmente registradas -

como em site de escola de Nova Iorque, EUA:

http://www.abadacapoeira.com

Lutas ou Combates Olímpicos:

http://www.padilla.adv.br/desportivo/artesmarciais/

 

 

Primazia em Direito Desportivo reconhecida internacionalmente:

http://www.estig.ipbeja.pt/~ac_direito/ddesportodisciplinas.html

.

De Curriculo Prof. Padilla

Justilex destaca primazia da UFRGS em Direito Desportivo

Prof. Padilla criador do Direito Desportivo from Sports Law.

Diplomados pode se matricular em Direito Desportivo na UFRGS:

http://www.ufrgs.br/prograd/aluno/aluno-especial-2011-1

Ou em http://www.ufrgs.br/prograd/aluno/aluno/ selecionando “Aluno Especial”

 

Atenção porque a inscrição de DIPLOMADO acontece exclusivamente pela Internet e....

O período de matrícula é curto: Em geral, há apenas dois dias no final da primeira semana do semestre!

 

Estudantes de outra Faculdade também pode se matricular em Direito Desportivo na UFRGS.

Essa matrícula é presencial:

O seu pedido de matrícula deve ser protocolado com os documentos indicados em:

http://www.prograd.ufrgs.br/aluno/mobilidade-estudantil-1/ingresso-de-discente-visitante

Do ensino, a arte de aprender e de ensinar

Gibran Khalil Gibran “O Profeta”  traduz Mansour Chalitta interpreta Tôni Luna www.padilla.adv.br/prof/ensino.mp3

Professor LUiZ Roberto Nuñes PADilla

Especialista em Direito Processual e em

Direito Desportivo

Plano de ensino e Blog

Currículo Lattes   

Porque ser professor?

Artes  Marciais

2ª atividade mais praticada no mundo

Teoria Geral dos Processos

Livros e pesquisas jurídicas &

Prática de Processo

Clóvis do Couto e Silva,       Athos e outros grandes mestres da histórica e secular Faculdade de Direito da UFRGS.

 

O Trabalho, na voz de Tôni Luna em primorosa tradução de Mansour Chalitta O Profetade Khalil Gibran.

História do Futebol.                     Jogos Olímpicos.

Artes  Marciais a 2ª atividade mais praticada no mundo.

Idolatria no Esporte  -   compare-a à idolatria na política.

O Trabalho: Khalil Gibran na voz de Tôni Luna e primorosa tradução de “O Profeta” por Mansour Chalitta. 

Proposta, em 17.9.1995, criadora da disciplina.

Revista Justilex destacando a primazia da UFRGS.

 Plano de Ensino 2010... 2011

  Sports Law  all over the World:          Centros de ensino com a Disciplina:

    Língua    Portuguesa      

Direito Desportivo (L. R. N. Padilla,

 Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Porto Alegre)

Direito do Desporto (J. M. Meirim, U. Nova de Lisboa)

   Língua     Italiana      

Diritto della concorrenza e Sport (S. Vezzoso, U. Trento)

Diritto Sportivo (R. Caprioli, U. Nápoles 'Federico II')

Diritto Sportivo (G. Facci, U. Bolonha)

   Língua   Espanhola     

Cátedra de Derecho del Deporte (U. Abierta Interamericana, Buenos Aires)

Responsabilidad jurídica en el ámbito de la actividad física y el deporte

(M. Díaz y García Conlledo et al., U. Leão)

Derecho Deportivo

(V. Cazurro Barahona, U. Europea Miguel de Cervantes – Valhadolide)

   Língua    Inglesa    

          

Racing Industry Law and Regulation (H. Opie & J. Bourke, U. Melbourne)

Sports Law (R. Rollo, U. of Western Sydney)

Sports Law: Entities and Governance (H. Opie & M. Speed, U. Melbourne) 

Law and Sports (J. A. Scanlan, U. Indiana - Bloomington)

Sports Law (W. B. Carter, George Washington U.)

Sports Law (D. G. Gibbens, U. Oklahoma - Norman)

Sports Law & Sports & Entertainment Law (E. Quinn, Barry U. & U. Toledo)

Sports Law (M. Yarbrough, U.  North Carolina)

Tourism & Recreation Law (N. Oppenheim, Fort Lewis C. - Durango)

    Língua    Alemã    

Lehrstuhl für Sportrecht (B. Pfister, P. Heermann & S. Götze, U. Bayreuth)

1

Podemos construir   1þüMMM:    1 Mundo Muito Melhor.

Vivendo mais e melhor com...      Saúde:     O que a indústria da doença oculta de nós?

Recupere o livre arbítrio:       Processo de Pensamento,                 como é manipulado?

 

       

  Ética  rara?      Justiça injusta?

Shibumi:  encontrar a perfeição na simplicidade.

Sabedoria na ciência espiritual.      Sabedoria quântica da  Dualidade  opostos complementares.    Apometria.     Passe e bem estar espiritual.

Vença as armadilhas espalhadas pela Internet.

I Love my petsõ        Sabedoria Princípio universal evolução

Visitante nº Contador no domínio iniciado em 14.12.2003 quando as páginas em variados sites somavam 136.706.382 visitas.

Em 2005, os Grupos Temáticos passaram 50 bilhões de acessos. Saite em permanente construção, como nós!

Construir e viver em 1 MMM: Um Mundo Muito Melhor.

Sabedoria é ultrapassar o conhecimento e atingir a simplicidade:

Assédio moral, para sufocar o combate contra a corrupção e o desmanche da advocacia pública.

Para realizar grandes sonhos necessitamos [[[grandes sonhos!  Hans Seyle

Ecologia e empowerment:  O bom humor aprimora o pensamento e potencializa o trabalho:

Porque difamam a Cultura Gaúcha?

Não nascemos prontos: àß

 

Contato com o Professor LUiZ Roberto Nuñesos PADilla e-mail e MSN: luizrobertonunesos@padilla.adv.br

Telefone +55 51( 92.5494.00 e 85207954 DIR 2 Departamento de Direito Privado e Processo Civil (2+55 51 33.08.3322

Travessa São Jacó 39/305 CEP 90520-320 Porto Alegre RS Rio Grande do Sul Tchê  Brasil  Mapaþ

http://vimeo.com/pad

http://cev.org.br/qq/padilla
http://padilla-luiz.blogspot.com

http://twitter.com/Prof_PADilla

http://www.linkedin.com/in/padill

http://www.myspace.com/482548792

http://www.facebook.com/padillaluiz
http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=1990308448905105073
http://www.viadeo.com/pt/profile/padilla-luiz-roberto-nunes-padilla.pad

                http://aiccint.ning.com/profile/PADillaLuizRobertoNunes
    http://www.sonico.com/profile.php?u=62628997

                http://www.hi5.com/i?l=B_0_ekKuDWL-PADilla
          http://pt.netlog.com/PADilla_Luiz

     http://br.octopop.com/padilladv
http://www.tagged.com/padilla

   http://www.videolog.tv/Padilla

     http://pad1lla.spaces.live.com