Página em permanente construção*

Para realizar grandes sonhos necessitamos[[[ Grandes sonhos! [Hans Seyle]

Aperfeiçoando-nos construímos 1 ümelhor

 

Shibumi

Sem tradução no vernáculo - expressa conjunto de qualidades extremamente positivas e que culminam por assegurar ao seu detentor um estado de espírito de plenitude - do ser com o Universo – em delicado equilíbrio.

Alguns referem como nirvana budista.           Na Índia,  pode ser comparado à recitação do “Nam-myoho-rengue-kyo” dentro do Sutra de Lótus.    Não existe possibilidade de uma tradução,   mas sabemos ser a síntese de todas as forças do Universo consubstanciadas como a própria vida do ser humano.

000123  000123

Como descrever uma qualidade indescritível ?

 Uma expressão tão correta que não precisa ser ousada...

   Tão mordaz que não precisa ser bonita...

     Tão verdadeira que não necessita ser real?

0001234  000123

 

A diferença entre o verdadeiro e o falso é o efeito que causa em nós.      O que é verdadeiro nos enche de amor, engrandece-nos,     dá-nos forças e energia para superar quaisquer dificuldades ou obstáculos. 

O que é falso fecha-nos. Torna-nos mesquinhos,    egoístas, preocupados... Atrapalha-nos com vibração negativa...

O falso encontra eco em nós apenas através das nossas fraquezas, dependências, carências e necessidades.    O falso contraria a natureza humana, a qualidade inerente ao ser humano, que nasce capacitado a entender o Universo e banhar-se na energia radiante, atingir o ao Shibumi. Textos escritos por profetas podem auxiliar,  mas necessitamos é estar preparados para ouvir a voz do Universo. Que às vezes pode constituir num...

 

Um silêncio eloqüente.

  Shibumi é compreensão,    muito mais do que conhecimento.

    Uma leveza que nos transporta a outro plano.

       Ultrapassar o conhecimento e atingir a simplicidade.

 

 

O quê ?    Se podemos “explicar” ? – OK :

 Ultrapassar o conhecimento e conquistar a simplicidade da sabedoria:

     O saber é limitado ao que conhecemos...

          Enquanto a sabedoria não tem limites.

                Porque é a capacidade de compreender,  tudo e a todos.

 

Não    limites  para  a  Sabedoria.

O verdadeiramente sábio constantemente encontra algo “novo”, que ainda desconhecia.      Mas,  antes que alguém possa terminar de dizer:

“- Encontrastes algo que não conheces!  Não és tão sábio assim !

Imediatamente, o Sábio já está se harmonizando com o “novo” e aprendendo.  O “novo” faz parte do Universo e a atitude Shibumi - integrar-se:

Ser Um,    e ao mesmo tempo o Todo.   

 

 

Shibumi - em nihon-go (língua japonesa, ideográfica ou simbólica) expressa uma virtude de esplendor ó até pode se referir a uma obra.  Sentimos, mais do que propriamente vemos, Shibumi é usado para qualificar jardins e locais nos quais há tanta harmonia que a beleza é fluída e a paz está em movimento sem perturbar-se.

Mas a principal referência de Shibumi será sempre à pessoa... Porque uma obra – se tiver a característica de Shibumi,  a terá recebido do seu criador, e constituirá o registro do momento em que o artista atingiu um momento de esplendor.

No comportamento (wabi),  uma tranqüilidade espiritual que não é passiva. Em Shibumi,  há uma energia intensa mas pacificadora, que desestimula qualquer desafio.

O detentor de Shibumi possui autoridade – ao natural,   sem necessidade de dominação.     Decorre da Sabedoria que detém.   Há um poema criado por um ocidental, o Inglês Rudyard Kipling (1865-1936), que auxilia a entender o “conceito” de Shibumi:

Se
Se és
capaz de manter a calma quando
Todo o mundo ao redor já perdeu e te culpa;
De crer em ti quando todos estão duvidando,
E para esses no entanto achar uma desculpa;

Nota do professor:   Esta palavra “desculpa”  foi usada para a rima e em sentido figurado, de “razão”,  motivo para continuar lutando mesmo quando todos o culpam.    Outra palavra ou expressão comprometeria o equilíbrio da rima, excelente, na tradução portuguesa de Guilherme de Almeida, mais harmoniosa que no original inglês, mais Shibumi”.

Se és capaz de esperar sem te desesperares,
Ou, enganado, não mentir ao mentiroso,
Ou, sendo odiado, sempre ao ódio te esquivares,
E não parecer bom demais, nem pretensioso;

Se és capaz de pensar - sem que a isso só te atires;
De sonhar - sem fazer dos sonhos os teus senhores;
Se encontrando a desgraça e o triunfo conseguires
Tratar da mesma forma a esses dois impostores;
Se és capaz de sofrer a dor de ver mudadas
Em armadilhas as verdades que disseste,
E as coisas, por que deste a vida, estraçalhadas,
E refazê-las com o bem pouco que te reste;

Se és capaz de arriscar numa única parada
Tudo quanto ganhaste em toda a tua vida,
E perder e, ao perder, sem nunca dizer nada,
Resignado, tornar ao ponto de partida;
De forçar coração, nervos, músculos, tudo
A dar seja o que for que neles ainda existe,
E a persistir assim quando, exaustos, contudo
Resta a vontade em ti que ainda ordena:"Persiste!" ;

Se és capaz de, entre a plebe, não te corromperes
E, entre reis, não perder a naturalidade,
E de amigos, quer bons, quer maus, te defenderes,
Se a todos podes ser de alguma utilidade,
E se és capaz de dar, segundo por segundo, ao minuto fatal todo o valor e brilho,
Tua é a terra com tudo o que existe no mundo
E o que é mais - tu serás um ser Humano, ó meu filho! ".

Nota do professor:   Na tradução original,  Almeida terminava com “és um Homem, ó meu filho”. Entendemos, com a “re-leitura” estar rendendo homenagem ao Tradutor – um humanista que meramente utilizou expressão adequada para aquela época – hoje levemente incorreta.

 

 

  

Sobre o Shibumi no exercitar o pensamento

 

 

O Feng Shui faz apologia às mudanças

Porque nas mudanças redescobrimos virtudes esquecidas nas prateleiras do nosso saber

 

 

Antigo caderno, da décadas de oitenta (primeiro contato com essa expressão foi em 21 de março de 1982)

meio por acaso encontrado continhas rabiscado:

 

 

Realidade  - (menos) Sonho = Um ser animal

Realidade  + (mais) Sonho = Um anseio do coração (Idealismo)

Realidade + Humor = Realismo

Sonho - Humor = Fanatismo

Sonho + Humor = Fantasia

Realidade + Sonho + Humor = Sabedoria = Shibumi

 

 

 

“Shibumi" é conceito de estado de espírito.

 

 

Envolve a superação de si mesmo

 

Integração com o Universo

 

Numa visão do mundo “ocidental”

poderia ser associado ao movimento conhecido como HOLISMO

Mas é muito mais amplo

 

 

Poderia ser expresso pela soma de:

Ultrapassar o conhecimento e atingir a sabedoria

Ultrapassar a realidade e atingir a verdade

Ultrapassar a beleza e atingir a harmonia

Ultrapassar a paz e atingir a tranqüilidade

 

 

Shibumi, como sabedoria é perceber, e interagir através do espírito, somando as lições chinesas consolidadas em Confúcio, da qual toda filosofia oriental está impregnada, detalhes clicando aqui ü, e das idéias gregas compiladas por Sócrates, como precursores da doutrina moderna, da qual é exemplo o seguinte trecho, que nos chega através de Platão,   II. “A alma se perturba e confunde, quando se serve do corpo para considerar qualquer objeto; tem vertigem, como se estivesse ébria, porque se liga a coisas que estão, por sua natureza, sujeitas a mudanças; ao passo que, quando contempla a sua própria essência, dirige-se para o que é puro, eterno, imortal, e, sendo ela desta mesma natureza, permanece aí ligada, por tanto tempo quanto passa. Cessam suas perturbações porque está unida ao que é imutável e a esse estado da alma é que se chama sabedoria.”    Veja mais clicando aqui ü

 

No Direito,  Shibumi corresponde ao senso de Justiça.

Na literatura, a uma estória tão verdadeira...

                                      que nem necessita ser real.

Na nossa vida:

Shibumi é uma harmoniza e leveza que nos...

Transporta a outro plano onde...

Ficamos em sintonia com o Universo.

 

Mais que tudo isto:

              É ultrapassar o conhecimento, e atingir a simplicidade.

                             simplicidade de ser um com o todo:

 

Lembram do maior sucesso do conjunto Led Zeppelin na década de setenta ?

A música Stairway to heaven terminava

"When All is One

"and One is All

"to be a rock and not to roll.”

 

Assim...

              Quando apreciares uma mensagem ou apresentação...

                   Ficar sensibilizado...

                                Emocionado...

O mérito não será somente daquele que teve idéia de editar, coadjuvado por quem retransmitiu...

Mas há o seu mérito,    de você...

Que permitiu a si mesmo estar preparado para “ouvir     ...             

 

 Certamente descobristes "Shibumi"...

 

Tornou-se um ser Humano especial...  

 

 

Preparamos esta página para registrar conhecermos pessoas com

è  Shibumi

             E o quanto foram, são e serão, sempre...

        Obrigado por existir !

00012345

Desejamos que todos alcancem Shibumi

A honra e lealdade nas relações sociais e familiares ao Budô e demais metafilosofias-Zen, Zen, Zazen e Seiza, clique aqui ü

O Universo é repleto de fenômenos além da nossa compreensão, simples humanos. Nossas percepções provêm dos cinco sentidos e do raciocínio para as interpretar. Os sentidos são extremamente limitados. Compare com animais “inferiores”: Visão, audição, olfato, tato e paladar humanos são limitadíssimos.  E percebeu como a mente teima em não lembrar de coisas importantes? Ou como é difícil armazenar informações que vamos necessitar? O que chamamos de raciocínio não passa de um software sofrível, rodado num hardware – nossa mente - mais deficiente ainda.  Como podemos pretender conhecer o todo universal? Não compreendemos mais que ínfima parte. Shakespeare, sobre o humano, afirmou “haver mais mistérios entre o céu e a terra do que imagina a nossa vã filosofia”. Instrumento valioso é tempo. O “teste do passar tempo” desacredita crenças, costumes, modismos e convicções falsas. E faz renascer as verdadeiras. Certo e verdadeiro consegue resistir com o passar dos anos, séculos ou milênios. A instituição família é certa e verdadeira. Existe desde o início das civilizações. A crença num ente superior também o é. Permeou todas as sociedades, desde o início dos tempos. Sócrates, Platão, clique aqui þ

Há controvérsias, contudo, algo extraordinário ocorreu na antiga Galiléia mudando o curso da história universal sem uso da força militar ou do poder econômico, impregnado de valores tomados de empréstimo das anteriores religiões orientais, em especial do Zoroastrismo persa, com verdades fortes e que resistiram e se multiplicaram em dois milênios. Grande parte (senão todo) conhecimento da civilização humana tem sua fonte na primeira comunidade a desenvolver a agricultura e, com alimentos abundantes, dispor de tempo e cada vez mais recursos para descobrir e desenvolver tecnologias e fomentar o saber. Observe o infográfico comparando a evolução da civilização através de várias culturas clicando aqui %. Reviva a evolução do conhecimento clicando aquiü.

O Terceiro Milênio amplia a percepção dos princípios opostos tendentes ao equilíbrio... Conheça-os clicando aqui ó

O saber místico até então sem serventia aos “materialistas” e o conhecimento científico e de nenhum valor para os “espirituais” se reencontram aprofunde clicando aqui ó Aliás? O que é crença? clique aqui ó

Professores e alunos? Em quaisquer disciplinas ou interesses,  no direito, desporto, artes marciais, somos todos mestres e discípulos uns dos outros (clique aqui ó).

Desperte a consciência para nova concepção de cosmos e sua importância colaborando na constante evolução do Universo conhecendo as 7 Leis Espirituais do Sucesso clique aqui ó

 Um dos mais populares provérbios ensina: “Pay attention to your enemies for they are the first to discover your mistakes.”  Traduzindo livremente:  Preste atenção aos seus inimigos, pois serão os primeiros a descobrir os seus erros.   Significa que os inimigos podem se transformar no melhor amigo indicando o que devemos fazer para EVOLUIR.  Dualidade do Universo:  Tudo que nos cerca, todos e nós mesmos...   Clique aqui ó

Na concepção difundida por Descartes,  o "Especialista" era quem sabia cada vez mais...

        Sobre cada vez menos...

Cada vez mais...

        Sobre cada vez menos

Até saber o tudo sobre o nada, conforme picardia de Millor Fernandes

O “especialista” aprendia cada vez mais sobre uma pequena parcela do conhecimento até saber quase tudo sobre o quase nada. A pretensão decartiana observava tudo como um mecanismo de um relógio que pode ser "decomposto" em muitas partes, permitindo conhecer o funcionamento do todo a partir de cada pedaço. Esse raciocínio é válido quando as peças estão interligadas por conexões simples. Pela analogia com o mecanismo do relógio,  essa visão ficou conhecida como "mecanicista".

Foi um estágio do conhecimento pelo qual passamos embora alguns ainda não perceberam.

Saiba mais sobre o processo de conhecimento e como aperfeiçoá-lo usando os atalhos para os caminhos da sabedoria, abaixo.

No limiar do Terceiro Milênio desenvolveu-se uma proposta que se denominou Holista.    "Hol",  do grego hólos, hóle, hólon, expressa 'inteiro', 'completo".   Os dicionários definem como “tendência supostamente própria do Universo de sintetizar unidades em totalidades organizadas.

Contrapostas as visões holista e mecanicista equilibramos ambas (princípio da dualidade) alcançando harmonia em adequada compreensão do Universo e da vida. O mundo, como realidade não de partes mas integrada. Nada é isolado. Tudo, todas coisas, todas pessoas, todos acontecimentos, estão relacionados.    When all is one and one is all.

Acelere o conhecimento:        Aprenda mais rápido e melhor

Enfoques da Sabedoria?

è Sabedoria aplicada à elaboração das decisões judiciais clique aqui &

è Sabedoria no Princípio Universal da Evolução clique aqui ó

è Sabedoria na  Ética à clique aqui F J

è Sabedoria na fusão do espiritual + material clique aqui ÿ

è Sabedoria em sermos Mestres e Discípulos uns dos outros clique aqui ó

è Sabedoria no reencontro do Místico e Ciência clique aqui ÿ

è Sabedoria no caminho da perfeição na simplicidade Shibumi  clique aqui ÿ   

è Sabedoria na evolução cultural clique aqui þ

è Sabedoria de Confúcio clique aqui ÿ

è Sabedoria no uso da Linguagem, instrumento do Jurista clique aqui ó

è Sabedoria no Princípio da Dualidade os opostos complementares clique aqui  

è Sabedoria espiritual conjugando todas lições: Chinesas, gregas, etc.clique aqui ü

* * *

Ligações entre místico e desportivo clique aqui ó

Filosofia e prática das Artes Marciais clique aqui C

História do Futebol e Idolatria no desporto clique aqui ó

Novo ramo o Direito Desportivo clique aqui ó

Meditar e perguntar clique aqui ó  Aprenda mais e melhor clique aqui ó

Viver mais e melhor com saúde e bom humor clique aqui ƒ

Histórica Faculdade de Direito da UFRGS e sua importância clique aqui ó

Orientação aos alunos + Programa das Disciplinas clique aqui ó

* * *

Centenas de Teses Jurídicas novidades toda semana clique aqui ó

Casa de João Pedro e a moderna visão dos chacras & corpos, clique aqui

Chacras è visão projecionista (voadores) e lições de Wagner Borges clique aqui ó

Casa de João Pedro Horários de passe e orientações aqui ó

Para saber mais sobre passes e atendimentos aqui ó

Apometria e perguntas freqüentes sobre passe aqui ó

Sócrates e Platão clique aqui þ

Receba aviso das atualizações clicando aqui ó

Ou envie 1 e-mail para: assinar-misticismo.ciencia@grupos.com.br

És nosso visitante nº Contador Aperfeiçoando para construir 1 Mundo Melhor este saite está em permanente construção no domínio próprio desde 14 de dezembro de 2003 quando nossas páginas somavam 136.706.382 visitas.   Impressionante?  No primeiro semestre de 2005 nossos Grupos Temáticos ultrapassavam 50 BILHõES de visitas! Conheça-os clicando aqui ó

Contato com Professor Padilla

http://padilla-luiz.blogspot.com
 http://www.youtube.com/user/PADillaLuiz

http://cev.org.br/qq/padilla

http://www.facebook.com/profile.php?id=714013822
http://vimeo.com/pad
http://www.myspace.com/482548792
http://www.padilla.adv.br/prof
http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=1990308448905105073
 http://twitter.com/Prof_PADilla
http://badoo.com/padill
http://aiccint.ning.com/profile/PADillaLuizRobertoNunes
http://br.octopop.com/padilladv
http://www.gazzag.com/profileviewer?id=M3mWPnhUdV%2FgHm5I%2B2zkRA%3D%3D
http://www.tagged.com/register.html?aa=4psyxw6&a=1
http://www.hi5.com/i?l=B_0_ekKuDWL-PADilla
http://pt.netlog.com/PADilla_Luiz
http://www.linkedin.com/pub/padilla-luiz-roberto-nu%C3%B1es/15/390/634
http://www.viadeo.com/pt/profile/padilla-luiz-roberto-nunes-padilla.pad
http://pad1lla.spaces.live.com
http://spaces.msn.com/members/pad1lla

enviar e-mail ao Professor Padilla  clique aqui J