Página em construção *

 

Para realizar grandes sonhos [ necessitamos grandes sonhos. [Hans Seyle]

 

 

A dualidade presente em cada fato e em todo ser por menor que seja


na essência do Universo

 

inclusive na Ciência Jurídica *

 

 

 

Atos,   pensamentos,  palavras...  Mesmo o que escrevemos...

Tudo pode ter outro sentido,      visto por um “ponto” diferente.

Um dos mais populares provérbios ensina:  “Pay attention to your enemies for they are the first to discover your mistakes.”  Traduzindo livremente:  Preste atenção aos seus inimigos, pois serão os primeiros a descobrir os seus erros.   Significa que o inimigo pode ser seu melhor amigo indicando o que fazer para EVOLUIR

 


C
omo funciona o princípio da dualidade ?

 

Olhe o texto abaixo... 

Passe os olhos rapidamente,

para uma idéia do assunto:
= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =


Depois de tudo que aconteceu

       não te quero mais

Estaria mentindo se dissesse que

      ainda te amo

Como sempre te quis

     tenho certeza de que

nem tudo foi em vão

    Sinto dentro de mim que

você já morreu

   Não posso mais dizer que

ainda guardo esperanças

   Sinto cada vez mais forte

como um espaço lento e marcante que

    já te esqueci

Não usarei mais a frase

    te amo

É tarde demais

   Sinto, não posso esconder


= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

 

          Concordas que é um contundente "adeus" ?

               Uma despedida ?

                     Será mesmo ?

         Volte e leia
o mesmo texto de baixo para cima...

                       Veja como fica totalmente diferente !
                 
                        Da última,   para a primeira linha

                                  De outro ângulo

            O "adeus,      “até nunca mais"

 

Transforma-se em fervorosa

declaração de eterno amor ...

 

            E usando as mesmas palavras a expressões...

            Como pode ?


           Numa Ferradura os opostos estão mais próximos entre si do que do ponto de equilíbrio.         Essa concepção aplica-se a todas esferas de conhecimento:

 

          O amor e o ódio são emoções expressando mesmo tipo de energia, apenas atuando em sentidos opostos...                  polaridades complementares:


è  positiva construtiva  

ó

negativa destrutiva  ç


          Em cada fato que acontece,      por pior que pareça à primeira vista

 

          O Universo reserva possibilidade de transformarmos adversidades em aprendizado. Um empurrão para evoluir,     melhorar,     aperfeiçoar...

 


Tendo isto em mente,   aproveites melhor a vida.

Busques o que pode ser extraído de positivo de cada acontecimento !

 

A vida é uma dádiva.        Por isto o dia de hoje chama-se “presente”

 


           Alguém dirá:   A morte do corpo físico só pode ser considerada ruim...   Não há como considerá-la “boa”.    Contudo, é uma visão individualista. Durante os 4 bilhões de anos que a ciência reconhece a existência de vida sobre a Terra, a morte dos mais velhos foi necessária para dar lugar às novas gerações. Sem a morte, não haveria evolução. Ainda seríamos seres unicelulares.   
Há séculos a ciência reconhece que a energia não se perde, mas se transforma.    Além disto, o falecimento é o derradeiro momento de um ser humano, mas suas moléculas não desaparecem.    Testes com isótopos demonstraram que os humanos trocam 90% dos átomos do corpo em poucos meses.     Quer dizer:   Nossos corpos estão repletos de átomos que foram de outras pessoas.     Muitos de nossos átomos foram de Buda, Pelé, Maomé, Saddan Hussein e até mesmo de Jesus.    Ele enfrentou uma das mortes mais horríveis,  pela crucificação.    Recente documentário apresentado pelo Canal Discovery no Natal de 2003 e que continua a ser reapresentado analisa os fatos conhecidos e sustenta que Jesus planejou ser crucificado.      Mas, tivesse sido diferente?   Se não tivesse morrido na cruz?    Todas mudanças que provocou no  mundo não aconteceriam!    Aliás, talvez nem lembrássemos dele, ou de suas importantes lições como a de “amar o próximo como a nós mesmos”.      Consegues imaginar como seria o Mundo sem o crescimento do Cristianismo há vinte séculos ?    Nosso planeta seria muito diferente.     A cruz foi escolhida, por Jesus, por seu simbolismo:

 

Simbolismo da CRUZ

Mesmo quem não é cristão conhece a cruz como símbolo do sacrifício "globalizado"*1 do"jovem"*2 carpinteiro em favor de um Mundo Melhor.

*1 - Neste Século XXI, no qual (re)conhecemos e (re)encontramos o restante do Universo,  precisamos substituir o termo "universalizado" para expressar algo que se tornou conhecido em todo planeta Terra - apenas uma pequena parte do Universo. Globalizado  é mais adequado.

*2 – Comuns as referências a Jesus como "jovem" carpinteiro - o que não é correto porque, pelos padrões ao tempo da crucificação, sua idade era muito acima da expectativa de vida da época.

 

Mas a CRUZ - símbolo de dor/tristeza/sacrifícios também simboliza o reinício da vida e a jornada para evolução.

 

A trave horizontal da CRUZ representa o que é imutável,  linear. O osso esforço pela sobrevivência, e as coisas necessárias para se viver.

Não são preocupações desprezíveis,  porque precisamos delas para viver:  

É a preocupação com o que comer, o que beber, o que vestir, onde morar, a escola, a saúde, o trabalho, o bem-estar físico, etc.

 

A trave horizontal representa a materialidade.

Imprudente o ser Humano que se deixa dominar, escravizar pela materialidade. 

 

A trave vertical aponta para o céu e representa nossa busca da espiritualidade, nossa procura de Deus, nossas aspirações superiores, a busca do entendimento do Universo. Eleva-nos às estrelas onde um coral gigantesco de sóis mantém os mundos em louvor.

 

Mas percebestes que...                 A ponta inferior da trave vertical está enterrada no chão do planeta.    Mesmo tendo a cabeça dirigida às estrelas,  nossos pés devem estar assentados no chão porque,    neste momento,    nosso lugar de aprendizado é terreno.     A consciência da Dualidade.

 

Na vida, freqüentemente somos iludidos por falsa impressão do que acontece.     Observe a figura ao lado de uma distância de 1 metro da tela.      Fixe o olhar no ponto central.       Mantenha o foco no ponto central e desloques sua cabeça para frente até a metade do caminho.  “Vê” os círculos “movendo ? Racionalmente, você sabe que é uma ilusão de movimento.  Do contrário, juraria ter visto os círculos movimentando-se em sentidos opostos.

 

 

Na figura ao lado percebemos a bola central da esquerda como maior do que a da direita.       Mas ao medir, ficamos boquiabertos porque ambas são do mesmo tamanho...  A bola da esquerda parece maior porque cercada de círculos menores.  A bola da direita parece menor porque cercada de círculos maiores. Ilusão de dimensão por falsa comparação.

 

Queres mais?     Neste outra figura temos o que parece uma espiral, não é mesmo ?    Engano...    É formada por vários círculos independentes.   Confiras:   Sigas uma a uma as linhas de cada um dos círculos; verás que sempre dás uma volta e retornas ao local de partida...

 

 

 

Abaixo,  a figura parece  formada por “linhas” tortas. 

                       

Examinando-as uma a uma, verificamos serem rigorosamente paralelas !

 

Ao lado...

Consegues contar os pontos pretos ?

 

Nossa vida pode ser menos irreal reduzindo as chances de sermos iludidos. Sem pressa, evitamos a maior parte dos equívocos, que são afastados na complementação do nosso ponto de vista inicial.   

 

 

 

Desenho abaixo foi criado por Phillippe G. Schyns e AudeOliva da Universidade de Glasgow e comprova vivermos sujeitos a ilusões... Observadas da distância normal:

O "Sr. Raiva" está à esquerda e a "Sra. Calma" está à direita, certo?

Levante-se...  Mova-se para trás 2 metros.

Sim,    vá para trás 2 metros e olhe:   Garanto que vale a pena:

Olhando de 2 metros eles trocaram de lugar... Pode? Pura ilusão de ótica !

 

 

Veja outras imagens propiciando ampliação da percepção nas

7 chaves do Código de da Vinci clicando aqui

 

A ciência jurídica busca realizar Justiça, e comprova a importância da dualidade. O juiz só pode decidir depois do autor e réu apresentarem suas versões, divergentes ou opostas, dos fatos e fundamentos.  Ambas visões, do Autor e do réu, completam-se.  Por isto, eles são chamados de “partes” do processo. Um processo pode realmente ser julgado com Justiça ao estar completo com a visão de ambas as “partes”.    Quando o réu não apresenta formalmente sua versão no prazo legal, presumimos que concordou com a do autor;  para fins da decisão no processo, a “parte” da versão do réu é igual a do autor... No direito, a dualidade recebe o nome de contraditório ou bilateralidade da audiência.  Obviamente,   para haver Justiça o juiz deve examinar ambas as versões. Disto decorre a obrigatoriedade do juiz fundamentar sua decisão.

 

 

 121 mensagens enviadas entre o fatídico 11 de setembro de 2001 a 2004

média 2 por mês

As melhores podem ser localizadas no índice clicando aqui ó

 

Um dos mais populares provérbios ensina: “Pay attention to your enemies for they are the first to discover your mistakes.”  Traduzindo livremente:  Preste atenção aos seus inimigos, pois serão os primeiros a descobrir os seus erros.   Significa que os inimigos podem se transformar nos melhores amigos indicando o que devemos fazer para EVOLUIR.  Dualidade   tudo que nos cerca, todos e nós mesmos contemos os opostos, o bem e o mal, o certo e o errado, etc.  

Desperte a consciência para nova concepção de cosmos e sua importância colaborando na constante evolução do Universo conhecendo as 7 Leis Espirituais do Sucesso clique aqui ó

Projeciologia, chacras e projeção do corpo astral clicando aqui

Sabedoria indígena pelo antropólogo Carlos Casteñedaà clique aqui ó.

Casa de João Pedro e apometria clicando aqui

Viva muito mais  e  melhor :

Preserve a saúde física com vitaminas e aminoácidos.

Saiba o que a indústria (da doença) oculta de você clique aqui R

Proteja seu pensamento e sua energia.    Aprenda como funciona o poder e se liberte da manipulação clique aqui N

A Bíblia foi alterada após o Século V suprimindo as referências à crença reencarnacionista mas, sendo um livro grande, algumas partes escaparam:

“Conheço um homem em Cristo que a catorze anos, foi arrebatado até o terceiro céu (se no corpo ou fora do corpo, não sei, Deus o sabe)

e sei que tal homem (se no corpo ou fora do  corpo, não sei, Deus o sabe) foi arrebatado ao paraíso e ouviu palavras inefáveis, as quais não é lícito ao homem referir.” (Bíblia, Coríntios II, capítulo 12, versículos 2 ª 4 )

Semeia-se corpo natural, ressuscita corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual.” (Bíblia, Coríntios I, capítulo XV, versículos 44 )

“Achei-me em espírito, no dia do senhor, e ouvi, por detrás de mim, grande voz, como de trombeta.” (Bíblia, Apocalipse de João, capítulo I, versículo 10 )

“Então o espírito me levantou e me levou; eu fui amargurado na excitação do meu espírito; mas a mão do SENHOR se fez muito forte sobre mim; antes que se rompa o fio da prata, e se despedace o copo de ouro, e se quebre o cântaro junto a fonte, e se desfaça a roda junto ao poço.” (Bíblia, Eclisiastes, capítulo 12, versículo 6)

Entenda os motivos políticos e interesses financeiros dessa mudança clicando aqui ó

Na concepção difundida por Descartes,  o "Especialista" era quem sabia cada vez mais...

        Sobre cada vez menos...

Cada vez mais...

        Sobre cada vez menos

Até saber o tudo sobre o nada, conforme picardia de Millor Fernandes

O “especialista” aprendia cada vez mais sobre uma pequena parcela do conhecimento até saber quase tudo sobre o quase nada. A pretensão decartiana observava tudo como um mecanismo de um relógio que pode ser "decomposto" em muitas partes, permitindo conhecer o funcionamento do todo a partir de cada pedaço. Esse raciocínio é válido quando as peças estão interligadas por conexões simples. Pela analogia com o mecanismo do relógio,  essa visão ficou conhecida como "mecanicista".

Foi um estágio do conhecimento pelo qual passamos embora alguns ainda não perceberam.

Saiba mais sobre o processo de conhecimento e como aperfeiçoá-lo usando os atalhos para os caminhos da sabedoria, abaixo.

No limiar do Terceiro Milênio desenvolveu-se uma proposta que se denominou Holista.    "Hol",  do grego hólos, hóle, hólon, expressa 'inteiro', 'completo".   Os dicionários definem como “tendência supostamente própria do Universo de sintetizar unidades em totalidades organizadas.”

Contrapostas as visões holista e mecanicista equilibramos ambas (princípio da dualidade) alcançando harmonia em adequada compreensão do Universo e da vida. O mundo, como realidade não de partes mas integrada. Nada é isolado. Tudo, todas coisas, todas pessoas, todos acontecimentos, estão relacionados.    When all is one and one is all.

Acelere o conhecimento:        Aprenda mais rápido e melhor

Os Agnósticos cultivam a humildade. A palavra significa “sem conhecimento”. O Universo é repleto de fenômenos além da nossa compreensão, simples humanos. Nossas percepções provêm dos cinco sentidos e do raciocínio para as interpretar. Os sentidos são extremamente limitados. Compare com animais “inferiores”: Visão, audição, olfato, tato e paladar humanos são limitadíssimos. E percebeu como a mente teima em não lembrar de coisas importantes ? Ou como é difícil armazenar informações que vamos necessitar ? O que chamamos de raciocínio não passa de um software sofrível, rodado num hardware – nossa mente - mais deficiente ainda.  Como podemos pretender conhecer o todo universal ? Não compreendemos mais que ínfima parte. Shakespeare, profundo entendedor da alma humana, afirmou “haver mais mistérios entre o céu e a terra do que imagina a nossa vã filosofia”. Estava certo.

Na falta de um poder de compreensão adequado,  instrumento valioso é tempo. O “teste do passar tempo” desacredita crenças, costumes, modismos e convicções falsas. E faz renascer as verdadeiras. Certo e verdadeiro consegue resistir com o passar dos anos, séculos ou milênios. A instituição família é certa e verdadeira. Existe desde o início das civilizações. A crença num ente superior também o é. Permeou todas as sociedades, desde o início dos tempos.

Falar em Cristo suscita controvérsias mas nem o maior dos céticos duvida que algo muito extraordinário ocorreu na antiga Galiléia mudando o curso da história universal sem uso da força militar ou do poder econômico.  Embora o Cristianismo esteja impregnado de valores tomados de empréstimo das anteriores religiões orientais, em especial do Zoroastrismo persa, suas verdades são fortes porque resistiram e se multiplicaram em dois milênios. Aliás, grande parte (senão todo) conhecimento da civilização humana tem sua fonte na primeira comunidade a desenvolver a agricultura e, com alimentos abundantes, dispor de tempo e cada vez mais recursos para descobrir e desenvolver tecnologias e fomentar o saber. Observe o infográfico comparando a evolução da civilização através de várias culturas clicando aqui %. Analise alguns aspectos dessa evolução clicando aquiü.

Retornar ao índice da Sabedoria Mística clique aqui ó

Casa de João Pedro e a moderna visão dos chacras & corpos, clique aqui

Grupo Espiritualista Casa de João Pedro clique aquiÿ

Chacras è visão projecionista (voadores) e lições de Wagner Borges clique aqui ó

Casa de João Pedro Horários de passe e orientações clique aqui ó

Para saber mais sobre passes e atendimentos clique aqui ó

Perguntas mais freqüentes sobre passe clique aqui ó

Saber mais sobre Apometria clique aqui ó

Sócrates e Platão precursores da doutrina Crista + Espírita clique aqui þ

Receba aviso das atualizações clicando aqui ó

Ou envie 1 e-mail para: assinar-misticismo.ciencia@grupos.com.br

Conheça nossas páginas, e os variados enfoques da Sabedoria:

è Sabedoria aplicada à elaboração das decisões judiciais clique aqui &

è Sabedoria no Princípio Universal da Evolução clique aqui ó

è Sabedoria na Ética à clique aqui F J

è Sabedoria na fusão do espiritual + material clique aqui ÿ

è Sabedoria em sermos Mestres e Discípulos uns dos outros clique aqui ó

è Sabedoria no reencontro do Místico e Ciência clique aqui ÿ

è Sabedoria no caminho da perfeição na simplicidade Shibumi  clique aqui ÿ   

è Sabedoria na evolução cultural clique aqui þ

è Sabedoria no uso da Linguagem, instrumento do Jurista clique aqui ó

è Sabedoria no Princípio da Dualidade os opostos complementares clique aqui  

* * *

Ligações entre místico e desportivo clique aqui ó

Filosofia e prática das Artes Marciais clique aqui C

História do Futebol e Idolatria no desporto clique aqui ó

Novo ramo o Direito Desportivo clique aqui ó

Meditar e perguntar clique aqui ó  Aprenda mais e melhor clique aqui ó

Viver mais e melhor com saúde e bom humor clique aqui ƒ

Centenas de Teses Jurídicas novidades toda semana clique aqui ó

Histórica Faculdade de Direito da UFRGS e sua importância clique aqui ó

Orientação aos alunos + Programa das Disciplinas clique aqui ó

Juristas completos:  Exemplo de Athos clique aqui û e Clóvis clique aqui û

Lutando pela dignidade na Advocacia Pública clique aqui

Visitante nº Contador  * Adaptamos de Amílcar www.guarulhos.tur.br/sol/detart.asp?id=634 recebido de dourado.sp@ig.com.br  via Candido Luiz Rangel Fernandez <rangelf@terra.com.br> Aperfeiçoando e construindo 1 Mundo Melhor este saite está em permanente construção no domínio próprio desde 14 de dezembro de 2003 quando nossas páginas em vários sítios de Internet contabilizavam 136.706.382 visitas. Impressionante?  No início de 2005 nossos Grupos Temáticos ultrapassavam 50 BILHõES de visitas!  Conheça clique aqui ó

Para receber futuras mensagens e atualizações

Envie um e-mail para

assinar-misticismo.ciencia@grupos.com.br