Página em permanente construção*

Para realizar grandes sonhos necessitamos[[[ Grandes sonhos! [Hans Seyle]

Aperfeiçoando-nos construímos 1 ümelhor

Os Essênios

Em 1880, num monastério budista na Índia,  o reverendo inglês Gideon Ouseley achou o manuscrito em aramaico, língua falada por Jesus, foi levado para o Oriente por essênios refugiados. Eufórico, espalhou a descoberta do verdadeiro Novo Testamento;  a Bíblia estava incorreta; Cristo era um essênio defendendo a reencarnação e o vegetarianismo.  Atearam fogo na casa de Ouseley e o “O Evangelho dos Doze Santos.”  original foi destruído...

Em 1923, o húngaro Edmond Szekely obteve permissão para pesquisar os arquivos secretos do Vaticano.  Procurava livros que teriam influenciado São Francisco de Assis.    Curiosamente encantado vagou pelos mais de 40.000 metros de estantes com pergaminhos e papiros milenares.   Viu evangelhos nunca publicados e manuscritos originais de santos e apóstolos escondido para sempre.  De todas raridades, que mais chamou sua atenção foi o Evangelho Essênio da Paz, escrito pelo apóstolo João, narrando passagens desconhecidas da vida de Jesus Cristo, apresentado como o principal líder de uma seita judaica pouco conhecida, os Essênios.  Szekely traduziu o texto, publicou-o em 4 volumes,  e foi excomungado...

Mas duas décadas e meio depois, escondidos em cavernas próximas a Qumran, no Mar Morto, em Israel, foram encontrados 813 manuscritos redigidos pelos essênios entre 225 a.C. e 68 d.C. com as cópias do Antigo Testamento, calendários e textos da Bíblia. O achado iniciou a um longo e árduo esforço de tradução dos manuscritos por teólogos e cientistas de várias universidades do mundo. Em novembro de 2001 a publicação dos Manuscritos do Mar Morto foi concluída!  

Com razão,  Airton José da Silva, Professor Titular no Departamento de Ciências e Línguas Bíblicas da Faculdade de Teologia e Ciências Religiosas da PUC-Campinas, SP e do Instituto de Teologia Dom Miele do CEARP - Centro de Estudos da Arquidiocese de Ribeirão Preto, SP, denomina de  Racionalização da Solidariedade o conhecimento desse povo, no saite cuja visita recomendamos e cujo link vem logo abaixo. Falar em Cristo suscita controvérsias mas nem o maior dos céticos duvida que algo muito extraordinário ocorreu na antiga Galiléia mudando o curso da história universal sem uso da força militar ou do poder econômico.  Mas o Cristianismo está impregnado de valores tomados de anteriores religiões orientais, desde Zoroastrismo persa, à doutrina Essênia, e as sabedorias sintetizadas por Sócrates na Grécia e Confúcio na China, com as verdades fortes que resistiu e se multiplicou em dois milênios. Aliás, maior parte, senão todo conhecimento da civilização humana tem fonte na primeira comunidade a desenvolver a agricultura que, com alimentos abundantes, dispôs de tempo e recursos para desenvolver tecnologias e fomentar o saber. Observe o infográfico comparando a evolução da civilização através de várias culturas clicando aqui %. Reviva a evolução do conhecimento clicando aquiü.

A doutrina essênia consolidou-se em tempos conturbados. Os judeus viviam sob dominação de diversos povos, estrangeiros desde 587 a.C., quando Jerusalém foi devastada pelos babilônios (atual Iraque).

No século II a.C., o domínio era exercido pelos selêucidas, povo grego que habitava a Síria.    Perto das cavernas, em Qumran, estão as ruínas de um monastério essênio e um cemitério com 1200 esqueletos, quase todos masculinos, na região de menor altitude no planeta 400 metros abaixo do nível do mar. Chuvas são raras e o mar é tão salgado que é impossível mergulhar. A água era canalizada para os banhos rituais... Duas vezes ao dia, redimiam-se dos pecados e impurezas do corpo relatando suas faltas e submergindo, práticas que influenciaram o batismo e a confissão dos católicos.   As principais pregações da filosofia essênia, como a busca do Perdão fazendo “um bem proporcional ao mal causado”, possuem a essência da doutrina espiritual, karma, que impregna todas filosofias e religiões orientais e ocidentais, e pode ser esse povo legatário dos elos de ligação entre toda sabedoria. Esse manancial esteve no Brasil, de 20/8 a 23/10/2004, no Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro, e de 26/11/2004 a 27/02/2005 na Estação Pinacoteca, em São Paulo,  na exposição “Pergaminhos do Mar Morto: Um Legado Para a Humanidade” http://www.marmorto.com.br.

Dizimados

Os Judeus zelotes rebelaram-se contra o domínio romano e, no ano 68, numa devastadora investida as legiões de César arrasaram a Judéia, destruíram Jerusalém e, nas suas proximidades, o monastério de Qumran. Alguns essênios fugiram para Massada, fortaleza zelote ao sul de Qumran. Localizada no alto de uma colina, parecia impenetrável, mas no ano 73 teve um fim trágico. Um exército de 15.000 romanos, num cerco de 2 anos, metodicamente construiu uma rampa de terra e areia até o topo da fortaleza, mas tiveram uma surpresa: Todos os 1000 rebeldes estavam mortos. Os zelotes preferiram morrer entre os judeus a se tornar escravos dos romanos. Sortearam um grupo para assassinar todos os habitantes da fortaleza e beber veneno. Duas mulheres e cinco crianças escaparam, escondidas nos reservatórios de água. (baseado em dados de Rafael  Kenski & Duda Teixeira  “A doutrina do deserto”. Revista Super Interessante, editora Abril, nº 8, ano 14, agosto 2000,  pág.56 a 62)

 

A honra e lealdade nas relações sociais e familiares ao Budô e demais metafilosofias-Zen, Zen, Zazen e Seiza, clique aqui ü

Visite o site de Airton José da Silva, Professor Titular no Departamento de Ciências e Línguas Bíblicas da Faculdade de Teologia e Ciências Religiosas da PUC-Campinas, SP e do Instituto de Teologia Dom Miele do CEARP - Centro de Estudos da Arquidiocese de Ribeirão Preto, SP, de estudos científicos sobre a Bíblia, clicando aqui þ ou copie para seu navegador http://www.airtonjo.com

O Terceiro Milênio amplia a percepção dos princípios opostos tendentes ao equilíbrio... Conheça-os clicando aqui ó

O saber místico até então sem serventia aos “materialistas” e o conhecimento científico e de nenhum valor para os “espirituais” se reencontram aprofunde clicando aqui ó Aliás? O que é crença? clique aqui ó

Professores e alunos? Em quaisquer disciplinas ou interesses,  no direito, desporto, artes marciais, somos todos mestres e discípulos uns dos outros (clique aqui ó).

Desperte a consciência para nova concepção de cosmos e sua importância colaborando na constante evolução do Universo conhecendo as 7 Leis Espirituais do Sucesso clique aqui ó

 Um dos mais populares provérbios ensina: “Pay attention to your enemies for they are the first to discover your mistakes.”  Traduzindo livremente:  Preste atenção aos seus inimigos, pois serão os primeiros a descobrir os seus erros.   Significa que os inimigos podem se transformar no melhor amigo indicando o que devemos fazer para EVOLUIR.  Dualidade do Universo:  Tudo que nos cerca, todos e nós mesmos...   Clique aqui ó

A Bíblia foi alterada após o Século V suprimindo as referências à crença reencarnacionista – veja os motivos políticos e interesses financeiros nessa mudança clicando aqui ó

Na concepção difundida por Descartes,  o "Especialista" era quem sabia cada vez mais...

        Sobre cada vez menos...

Cada vez mais...

        Sobre cada vez menos

Até saber o tudo sobre o nada, conforme picardia de Millor Fernandes

O “especialista” aprendia cada vez mais sobre uma pequena parcela do conhecimento até saber quase tudo sobre o quase nada. A pretensão decartiana observava tudo como um mecanismo de um relógio que pode ser "decomposto" em muitas partes, permitindo conhecer o funcionamento do todo a partir de cada pedaço. Esse raciocínio é válido quando as peças estão interligadas por conexões simples. Pela analogia com o mecanismo do relógio,  essa visão ficou conhecida como "mecanicista".

Foi um estágio do conhecimento pelo qual passamos embora alguns ainda não perceberam.

Saiba mais sobre o processo de conhecimento e como aperfeiçoá-lo usando os atalhos para os caminhos da sabedoria, abaixo.

No limiar do Terceiro Milênio desenvolveu-se uma proposta que se denominou Holista.    "Hol",  do grego hólos, hóle, hólon, expressa 'inteiro', 'completo".   Os dicionários definem como “tendência supostamente própria do Universo de sintetizar unidades em totalidades organizadas.”

Contrapostas as visões holista e mecanicista equilibramos ambas (princípio da dualidade) alcançando harmonia em adequada compreensão do Universo e da vida. O mundo, como realidade não de partes mas integrada. Nada é isolado. Tudo, todas coisas, todas pessoas, todos acontecimentos, estão relacionados.    When all is one and one is all.

Acelere o conhecimento:        Aprenda mais rápido e melhor

E lembre de cultivar a humildade. Como os Agnósticos - palavra que significa “sem conhecimento”. O Universo é repleto de fenômenos além da nossa compreensão, simples humanos. Nossas percepções provêm dos cinco sentidos e do raciocínio para as interpretar. Os sentidos são extremamente limitados. Compare com animais “inferiores”: Visão, audição, olfato, tato e paladar humanos são limitadíssimos.  E percebeu como a mente teima em não lembrar de coisas importantes ? Ou como é difícil armazenar informações que vamos necessitar ? O que chamamos de raciocínio não passa de um software sofrível, rodado num hardware – nossa mente - mais deficiente ainda.  Como podemos pretender conhecer o todo universal ? Não compreendemos mais que ínfima parte. Shakespeare, profundo entendedor da alma humana, afirmou “haver mais mistérios entre o céu e a terra do que imagina a nossa vã filosofia”. Estava certo.

Retorne ao índice da Sabedoria Mística clique aqui ó

Casa de João Pedro e a moderna visão dos chacras & corpos, clique aqui

Grupo Espiritualista Casa de João Pedro clique aquiÿ

Chacras è visão projecionista (voadores) e lições de Wagner Borges clique aqui ó

Casa de João Pedro Horários de passe e orientações clique aqui ó

Para saber mais sobre passes e atendimentos clique aqui ó

Perguntas mais freqüentes sobre passe clique aqui ó

Saber mais sobre Apometria clique aqui

Sócrates e Platão precursores da doutrina Crista + Espírita clique aqui þ

Receba aviso das atualizações clicando aqui ó

Ou envie 1 e-mail para: assinar-misticismo.ciencia@grupos.com.br

Conheça nossas páginas, e os variados enfoques da Sabedoria:

è Sabedoria aplicada à elaboração das decisões judiciais clique aqui &

è Sabedoria no Princípio Universal da Evolução clique aqui ó

è Sabedoria na  Ética à clique aqui F J

è Sabedoria na fusão do espiritual + material clique aqui ÿ

è Sabedoria em sermos Mestres e Discípulos uns dos outros clique aqui ó

è Sabedoria no reencontro do Místico e Ciência clique aqui ÿ

è Sabedoria no caminho da perfeição na simplicidade Shibumi  clique aqui ÿ   

è Sabedoria na evolução cultural clique aqui þ

è Sabedoria de Confúcio clique aqui ÿ

è Sabedoria no uso da Linguagem, instrumento do Jurista clique aqui ó

è Sabedoria no Princípio da Dualidade os opostos complementares clique aqui  

è Sabedoria espiritual conjugando todas lições: Chinesas, gregas, etc.clique aqui ü

* * *

Ligações entre místico e desportivo clique aqui ó

Filosofia e prática das Artes Marciais clique aqui C

História do Futebol e Idolatria no desporto clique aqui ó

Novo ramo o Direito Desportivo clique aqui ó

Meditar e perguntar clique aqui ó  Aprenda mais e melhor clique aqui ó

Viver mais e melhor com saúde e bom humor clique aqui ƒ

Histórica Faculdade de Direito da UFRGS e sua importância clique aqui ó

Orientação aos alunos + Programa das Disciplinas clique aqui ó

* * *

Centenas de Teses Jurídicas novidades toda semana clique aqui ó

És nosso visitante nº Contador *Aperfeiçoando para construir 1 Mundo Melhor este saite está em permanente construção no domínio próprio desde 14 de dezembro de 2003 quando, sem contar o extinto http://nossogrupo.abril.com.br e as do yahoo, nossas páginas informativas http://www.direito.ufrgs.br/pessoais/padillahttp://pessoal.portoweb.com.br/padilla; http://virtual.pt.fortunecity.com/virus/52; http://pessoal.osite.com.br/~padillaluiz; http://pessoal.mandic.com.br/~padillaluiz e as temáticas no Grupos.com.Br somavam 136.706.382 visitas.   Impressionante?  No primeiro semestre de 2005 nossos Grupos Temáticos ultrapassavam 50 BILHõES de visitas! Conheça-os clicando aqui ó

Contate o professor Luiz Roberto Nuñesos PADilla ó luizrobertonunesos@padilla.adv.br

Telefones código Internacional+55  Código Nacional+51(33.25.26.18+(2333.716.79(Fax+Vox)

Travessa São Jacó 39/305 CEP90520320 Porto Alegre RS Brasiló Veja Mapa clicando aqui þ

Apresentação e fotos do Professor Padilla clique aqui

Espanha, Origens &  família PADilla clique aqui ó