Página em permanente construção*

Para realizar grandes sonhos necessitamos[[[ Grandes sonhos! [Hans Seyle]

Aperfeiçoando-nos construímos 1 ümelhor

Advocacia   Pública

quatro tipos distintos de Procuradores do Estado do RS e o problema é que seus interesses não são os mesmos. 

A classe dos Procuradores, na realidade são 04 (quatro):

 

Há a classe dos aposentados e procuradores antigos em atividade (mas muito próximos da aposentadoria), que em seus vencimentos já incorporaram adicionais e gratificações e, por isso,  ganham vencimentos muito superiores. Quanto a esses. a  preocupação é outra. Ficar quietos "para não alarmar os gansos". Qualquer reajuste pode, até mesmo, ser prejudicial.  São contra a supressão da vedação imprópria para a advocacia porque já o fazem (os aposentados) ou estão em vias de o fazer (os na reta final), e querem evitar a concorrência dos mais jovens.

 

Há os procuradores estabelecimentos no interior.

Esses, em sua grande maioria têm a possibilidade de obter diárias e indenização pelo uso do veículo. Portanto, possuem certo domínio sobre o salário. Com os processos da Caixa Econômica Estadual e pessoas jurídicas de direito privado, a necessidade de viagens aumentou. Claro que o serviço também, mas com uma boa contrapartida. Podem até alegar que recebem com atraso. Mas recebem. Sempre ajuda saber que temos alguns milhares de reais a receber !  Assim, sem muita exatidão, a renda pode ser "esticada" entre R$ 1000,oo a 2.000,oo líquidos mensais. Parece pouco, mas não é, porque são dois mil líquidos, livres de imposto e previdência. Os Procuradores da Capital precisam receber bruto quase o dobro para auferir tal diferença... Outro grande diferencial é o custo de vida, no interior, muito menor. Os radicados e integrados às suas comunidades podem ser favorecidos pela supressão da vedação imprópria para a advocacia porque lhes possibilita aumentar a renda.

 

 

Há os procuradores que exercem cargos de chefia, e recebem FG, função gratificada. O salário se eleva, a partir de pouco mas na maioria dos casos esse acréscimo contenta muitos espíritos e obsta maiores comentários sobre o assunto.       Afinal, assim como todos caminhos  levam a Roma, os silogismos também, e há alguns que trabalham muito, mas há outros que não militam na defesa judicial há uma década. São contra a supressão da vedação imprópria para a advocacia porque não a poderiam exercer (art.28-III e 29 do EOAB incompatibilidade pelo exercício de cargo de direção) e, muitos deles, que não atuam na defesa judicial há uma década, teriam enorme dificuldade no intento.

 

 

Por fim e por último, há os procuradores comuns, sem gratificação,    e que atuam na defesa judicial Capital.

Não possuem a possibilidade de incorporação.

Aliás,   possuem nada para incorporar,  além dos adicionais por tempo de serviço e promoções. Limitados a 5% a cada qüinqüênio.

 

O desconhecimento sobre qual a atividade dos procuradores ?”  ou qual a importância de seu trabalho ?”  lembrada pelo Jornalista Lazier Martins num dos graves momentos da crise, em 2001 é aporia afastada em apenas 249 caracteres (contando espaços em branco): Veja porque clicando aqui N

Desde a década de setenta a carreira de Procurador do Estado do Rio Grande do Sul apresentava mesmas vantagens e ônus das carreiras da Magistratura e Ministério Público mas em meados da década de noventa iniciou o “desmanche” da PGE - veja detalhes clicando aqui N

Os procuradores não receberam reposições inflacionárias e foram desaparelhados na estrutura de trabalho e equipes de apoio.   Perderam não apenas padrão de vida e prestígio, mas foram sobrecarregados de trabalho: A quantidade de processos decuplicou.    Mais da metade dos procuradores abandou a carreira.      Registramos a história na esperança de reverter conscientizar e encontrar novos caminhos.     Desde 1999  50% dos procuradores do Estado do RGS abandonaram a carreira – veja detalhes clicando aqui N Também pudera...    Não há atrativos para essa carreira como demonstra o quadro comparativo abaixo:

COMPARATIVO da REMUNERAÇÃO dos MAGISTRADOS,
PROMOTORES de JUSTIÇA e PROCURADORES do ESTADO

Em R$ ó Até 1994 os valores eram idênticos:

       Carreira/Classe               Procurador                           Promotor                             Juiz de Direito

                                                                                        do Estado                         de Justiça                                

Classe  Inicial                        5.273.76                              10.297,12                                            10.297,12

Classe  Intermediária             5.603,37                              10.940,69                                            10.940,69

Classe  Final                          5.932,96                              11.584,27                                            11.584,27

Classe  Superior                   6.592,20***                         12.871,43**                        12.871,43*

***Procurador Classe Superior       **Procurador de Justiça             *Desembargador

Diferença no vencimento em início de 1994 = 0    % Zero

Diferença no vencimento em início de 2004 @ 95,25% Dobro

Dia 1.º de fevereiro de 2005, os Procuradores do Estado do RS “comemoraram”, com tristeza, o transcurso do décimo ano sem qualquer reposição de perdas inflacionárias nos vencimentos, ampliando o aviltamento e gerando uma situação incompatível com a dignidade da função.  Veja clicando aqui N a comparação entre os vencimentos dos procuradores do Estado em todo país, no qual o Rio Grande do Sul ocupa a vergonhosa lanterna,  a pior posição, por assegurar a pior remuneração aos integrantes da sua carreira. E ainda lhes paira a vedação de completar a renda...

Compreenda a inconstitucionalidade da vedação clicando aqui N

 

Conheça a origem da tese de exercer advocacia artesanalmente como alternativa para manter a qualidade da função e preservar os interesses públicos clicando aqui N

Como evitar que o direito seja usado como instrumento de dominação ?  Clique aqui N

A crise na PGE em 2003 Entendendo a crise na PGE Espaço Vital Virtual 25 de junho de 2003 clique aqui N

As DELIBERAÇÕES das ASSEMBLÉIAS-GERAIS da Apergs Associação dos Procuradores do Estado do RGS demonstram o agravamento da crise após 2001. Veja-as clicando aqui N

 

Começando a virar o jogo em abril de 2002

 

Ética ? "O Direito é muito maior do que a Lei e seu objetivo deve ser sempre a realização da Justiça."  Saiba + clicando aqui N

Porque é difícil ser ético?   Entenda clicando aqui R

Como aprimorar a cultura e a Educação ? Clique aqui N

Entre os fatores que desencadearam a crise política, profissional, econômica e institucional onde nosso país afunda está o mau comportamento de quem devia dar o bom exemplo.    Exemplo não é a melhor, mas a única forma de ensinar.      A prática da ética é difícil.     Requer sejamos realmente humanos superando nossas limitações animais.    A corrupção é uma das piores pragas atrapalhando a ética. Veja a história da corrupção clicando aqui R

Mas a corrupção só cresceu devido à proliferação de psicopatas entre as lideranças. Veja porque isto aconteceu, e como nos proteger clicando aqui N

Ética profissional é a relacionada com determinada atividade.     Examine o Código de Ética Profissional do Advogado  clicando aqui ó       Veja a complicada relação advogado x cliente clicando aqui ó

Existe ética na Política ? Clique aqui ó

Conheça o Processo Eleitoral e o Estelionato Político (em pdf, Adobe Acrobat Reader) clicando aqui ž Leia o interessante trabalho do Professor Telmo Candiota, da Faculdade de Direito da UFRGS clicando aqui ó.     Conheça os fundamentos do pedido de Impeachment do Ministro formulado pelo Prof. Sérgio Borja clique aqui ó ou copie para seu navegador www.padilla.adv.br/etica/impeach

Podemos ter ética no Brasil ? clique aquièÿ

Vamos fomentar à ética ? clique aquièÿ

Ética é eficazmente transmitida em exemplos da vida real. Conheça-os clicando aqui N

A prática da ética é difícil. Entenda porque clicando aqui é

O exemplo não é a melhor forma de ensinar,    mas a única.  Ética é eficazmente transmitida em exemplos da vida real. Conheça alguns clicando aqui é

Praticar ética é difícil. Exige sermos humanos superando limitações animais. Entenda como e porque clicando aqui é.

Sócrates e Confucio precursores da ética clique aqui þ

Observe as manipulações e FALTA de ÉTICA na PROPOSTA de

“DESARMAMENTO” de 2005 clicando aqui N ou copie para seu navegador www.padilla.adv.br/etica/desarmamento

Centenas de Teses Jurídicas novidades toda semana clique aqui ó

Histórica Faculdade de Direito da UFRGS e sua importância clique aqui ó

Orientação aos alunos  +  Programa das Disciplinas clique aqui ó

Juristas completos:  Exemplo de Athos clique aqui û e Clóvis clique aqui û

* * *

Conheça nossas páginas, e alguns dos enfoques da Sabedoria

è Sabedoria aplicada à elaboração das decisões judiciais clique aqui &

è Sabedoria no Princípio Universal da Evolução clique aqui ó

è Sabedoria na Ética à clique aqui F J

è Sabedoria na fusão do espiritual + material clique aqui ÿ

è Sabedoria em sermos Mestres e Discípulos uns dos outros clique aqui ó

è Sabedoria no reencontro do Místico e Ciência clique aqui ÿ

è Sabedoria no caminho da perfeição na simplicidade Shibumi  clique aqui ÿ   

è Sabedoria na evolução cultural clique aqui þ

è Sabedoria no uso da Linguagem, instrumento do Jurista clique aqui ó

è Sabedoria no Princípio da Dualidade os opostos complementares clique aqui  

História do Futebol e Idolatria no desporto clique aqui

Novo ramo o Direito Desportivo clique aqui ó

Ligações entre místico e desportivo clique aqui ó

Filosofia e prática das Artes Marciais clique aqui C

Meditar e perguntar clique aqui ó  Aprenda mais e melhor clique aqui ó

Viver mais e melhor com saúde e bom humor clique aqui ƒ

Lutando pela dignidade na Advocacia Pública clique aqui

Desenvolvimento Místico clique aqui ó  Apometria clique aqui è

Grupo Espiritualista Casa de João Pedro clique aquiÿ

Teses Jurídicas novidades semanais clique aqui ü

Visitante nº Contador *Aperfeiçoando e construindo 1 Mundo Melhor este saite está em permanente construção no domínio próprio desde 14 de dezembro de 2003 quando nossas páginas somavam 136.706.382 visitas.   Em meados de 2005 nossos Grupos Temáticos ultrapassavam 50 BILHõES de visitas! Conheça-os clicando aqui ó

Contate o professor Luiz Roberto Nuñesos PADilla ó luizrobertonunesos@padilla.adv.br

Apresentação do Professor Padilla clique aqui